29 de outubro de 2008

"Os animais não sofrem como nós"

Senhor deputado a vida do meu cão vale tanto como a sua.
A Associação Animal repudiou hoje a visão do líder parlamentar do PSD sobre os direitos dos animais. Em comunicado, dizem que o social-democrata mostrou “um assustador trogloditismo pré-científico, racionalmente oco, socialmente atávico e politicamente irresponsável” na entrevista que deu este fim-de-semana ao semanário “Sol”.
Paulo Rangel defendeu, entre outras coisas, que não faz sentido haver um Dia do Cão ou um Dia dos Animais, argumentando que “um cão nunca deixa de ser um cão”. “Trocaria a vida do meu cão pela vida de qualquer pessoa em qualquer lado do mundo, mesmo não a conhecendo. Uma pessoa vale sempre mais do que um animal”, lê-se na entrevista.
Por outro lado, o líder parlamentar explica que considera que “os animais merecem protecção mas não são titulares de direitos” pois quem tem obrigação de os tratar bem é o ser humano. “Para mim essa é uma concepção errada [a de que os animais devem ter direitos]. Acho que só as pessoas devem ser titulares de direitos”. “Os animais [também sofrem], mas não sofrem como nós”, acrescentou.
O deputado afirmou, ainda, que algumas tradições como a caça ou as touradas “com determinadas características e determinados limites” são toleráveis por fazerem parte da cultura, bem como o uso de animais no fabrico de vestuário, desde que não estejam em perigo de extinção.

27.10.2008 - 19h48 PÚBLICO

6 comentários:

Anónimo disse...

Eu é que não trocava a vida do meu piriquito pela dele.
Este gajo vive em que época?
Os animais não sofrem como nós?
Com o meu voto não voltas!

ηatalie αfonseca disse...

Adorava encontrá-lo numa esquina!
Ai se adorava! Vem cá bichaninha, vem cá e hás-de ver o que gente como tu fazem aos animais!!

Os animais sofrem assim como o ser humano! Aos animais: respeito!

wild disse...

São os políticos que temos. Este homem é macabro!

AnaPalma disse...

Olá. Colocou há pouco um comentário no meu blog que me fez entrar em pânico! Eheh. Eu expliquei-me mal. Aquilo que lá escrevi fi-lo no seguimento de algo que já tinha escrito por isso não fui clara, mas já rectifiquei o que escrevi para não haverem enganos. Eu não estou a favor do que o Paulo Rangel disse, muito pelo contrário. Acho abominável. Obrigada pelo seu comentário. Sería mais que adequado para uma pessoa que pense assim!

Concha disse...

Agradeço,a visita ao meu cantinho.
Quanto ao Sr.Paulo Rangel,nem quero comentar,os políticos e a política do meu país desiludem-me todos os dias...

wild disse...

Natalie: Toda a razão, se o encontrares, força :)

Anapalma: Já está esclarecido, mas é que tenho lida tanta bandalheira, quanto a este assunto, que até me baralho, e também li na diagonal :S

Concha: Não há que agradecer a visita, gosto de visitar outros cantinhos, e gosto que visitem o meu. Quanto ao Rangel, é o reflexo deste país.